segunda-feira, 22 de dezembro de 2008


Sento e começo meu rabisco, meu pensar rabiscado em linhas curtas contrapostas as minhas infinitas linhas de pensamento.Tudo anda na mesma, na mesma tudo anda, ás vezes me imcomodo com toda essa rotina, mas penso que seria desperdício dar uma loucura diária a maioria humana que vê o mundo de modo tão cru.O mundo é uma descoberta que me desperta paixão magnífica por tudo que é novo.Sei que os direitos entre os homens são iguais, mas a capacidade de viver a vida de forma intensa é para poucos, aqueles poucos que enxergam que o mundo não é somente uma porta para diversão e prazeres passageiros, e sim podem perceber que o mundo é uma chave para abir as portas do pensar, aí sim viver num lugar sem limites aonde se vivem as emoções de forma extrema, intensas a ponto de te levar a alegria íntegra, ou podem te derrubar ao nível crítico de tristeza emocional.
A moeda tem dois lados e não é por eu ser um ser extremamente introspectivo eu saberei lidar de toda carga emocional sentida com facilidade.
Minhas palavras são fortes para sustentar gotas de meu desabafo caótico, cheguei no nível em que pensamentos se tornaram imagens e ás vezes em meu sonho feliz tenho flashses tão carregados de tristeza que quase me fazem abortar a missão e viver como a maioria.Mas não, se busco meu verdadeiro ideal de vida, só adentrando em meu interior para descobrir a essência de tudo isso.
Meus instintos são facilmente encobertos por sentimentos, confesso que gosto, confesso que sofro.Desprezo se quer um sopro de lucidez, minha vida de viajante sem rumo me consome por inteiro e enquanto misturo sentimentos e pensamentos faço da realidade o meu sonho.
Guiado pelo som de meu batimento meu eu interior se apossa da carcaça podre em que me encontro, carcaça esculpida pelos mais honrosos valores de nossa dita sociedade.
Me jogo do alto sem cair dando adeus a tudo que esperavam de mim, e vou seguindo sendo apenas eu, simplório ser pensante.

Bom é isso, abraço a quem lê!

Peaga!

3 comentários:

- Lia Rezende #)~ disse...

pra um simplório ser pensante você escreve muito bem ein! hahaha

Bruna disse...

mandou muito!você vai longe Pedro!hahah

Ingryd Lamas disse...

sensacional!